terça-feira, 7 de outubro de 2008

O Rei fala


O deputado federal e prefeito eleito Reinaldo Nogueira (PDT) convocou uma entrevista coletiva agora à tarde para falar de sua vitória e seus planos para sua administração. Como de hábito, ele não entrega o que não quer, como nomes para seu secretariado que, segundo ele, devem ser anunciados entre final de novembro e início de dezembro. Ou seja, tem gente que vai ter motivos para comemorar o Natal, outros nem tanto.

Mas Reinaldo adiantou seu projeto para um parque temático que será erguido atrás do Ciaei - uma mistura de Wet'n Wild com Hopi Hari, segundo ele - aberto à população e que deve custar R$ 4 milhões. Por enquanto, ele tem R$ 600 mil do governo federal. Também falou dos dois problemas que mais afligem a população, que são a saúde e a segurança. Sobre o primeiro, ele disse que quer abris postos de saúde destinados especialmente à mulher e ao idoso, construir um posto pediátrico 24 horas, outro para ortopedia e fazer um pronto-socorro no Mini-Hospital do Jardim Morada do Sol. Em relação á segurança, alémd e aperfeiçoar o sistema de monitoramento por câmeras, o prefeito eleito quer criar formas de atrair policiais civis para a cidade. A defasagem de delegados, investigadores e escrivães em Indaiatuba é um problema que já existe há 20 anos.

Sobre sua experiência como deputado federal, Reinaldo isse que quer usar o que aprendeu em Brasília - "o caminho das pedras para encaminhar projetos" - para servir de elo entre os prefeitos com quem mantém relações políticas e o governo federal. Para ele, a hierarquização do Executivo é munícipio, Estado e União, e o fato de ter deixado o Legislativo, mesmo o Federal, não significa que tenha dado um passo atrás na carreira. Isso significa que ele mira no governo estadual, seja como secretário ou governador? É o que parece. Ele citou diversas vezes o fato de Indaiatuba ter sido apontada como a número 1 em desenvolvimento segundo a pesquisa da Firjan.

Ele sinalizou que a Festa do Peão deve dar lugar à Faici, segundo seu modelo original de Feira Agrícola, Industrial e Comercial. Como o nome foi registrado por Carlos Pinhatelli, a Prefeitura vai ter que negociar com ele para usá-lo, o que pode significar sua volta ao comando da festa.

A respeito de seu futuro relacionamento com o único vereador de oposição, Carlos Resende Lopes, o Linho, do PT, Reinaldo afirmou que o respeito e considera que, pelo que conhece dele - seu colega na Câmara entre 92 e 96 e depois aliado - deve haver diálogo entre os dois e não uma oposição sistemática. Para o prefeito eleito, há possibilidade de conversa com o PT, mas não com José Aristéia.

5 comentários:

Edu Silvério - Revista No Embalo disse...

Sobre o parque eu tinha falado ontém hein !!!

olha a verba: http://www.cgu.gov.br/convenios/ConveniosLista.asp?UF=SP&Estado=SAO%20PAULO&CodMunicipio=6511&Municipio=INDAIATUBA&CodOrgao=&Orgao=undefined&TipoConsulta=0&Periodo=&Ordem=3

Bárbara disse...

Parque, praça, parque, praça...e assim vai....

Regina Santi disse...

Que parque é esse??? Moro na região e acho que os moradores deveriam ser consultados se querem uma muvuca na porta de suas casas. E, sinceramente, o prefeito já tem muito com o que se preocupar, vide índices de roubos e furtos (já tive um carro roubado) e acidentes de trânsito. Isso sem falar no abuso que é esse pedágio. Será que ele consultaria os moradores sobre a contrução desse dito parque??

Cynthia Santos disse...

Gostaria de saber quem pagará a manutenção do parque, já que não será cobrado ingresso.

Este dinheiro (R$ 4 milhões) poderia muito bem ser investido na Saúde. Tem gente que espera meses por uma consulta, devido à falta de médicos na rede municipal, que paga uma ninharia.

Porééém, este tipo de obra costuma dar votos (vide o Titanic do Onério, que o povo adora) e só quem se indigna somos nós.

Bárbara disse...

ele ta pensando assim "agente nao quer só comida, agente quer diversaõ e arte, agente que parque tematico.."