quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Blade Runner, o melhor sci-fi de todos os tempos? (Vírgula)

O site Total Sci-Fi Online, especializado em filmes de ficção científica, publicou na última segunda-feira (3) uma lista com as 100 melhores produções do gênero em todos os tempos.

O primeiro lugar ficou com Blade Runner, de Ridley Scott. Lançado em 1982, o filme é uma adaptação do livro Do Androids Dream Of Electric Sheep?, de Philip K. Dick.

De acordo com o site, a escolha aconteceu porque o longa teria um "senso real de tristeza, medo e anseios, e um amargo senso de humor". Além disso, eles também destacam as interpretações de Harrison Ford, como "um herói muito mais sombrio do que Hans Solo" e de Rutger Hauer, no que é chamada de "a melhor performance de sua carreira". Resumindo, o filme é considerado uma obra-prima.

Blade Runner superou produções que fizeram muito mais sucesso na época de seus lançamentos, como Star Wars e ET. Veja abaixo a lista com os dez primeiros colocados:

1 – Blade Runner (1982)
2 – 2001: Uma Odisséia no Espaço (1968)
3 – Star Wars (1977)
4 – Alien (1979)
5 – Metropolis (1927)
6 – O Dia em que a Terra Parou (1961)
7 – O Exterminador do Futuro (1984)
8 – Planeta dos Macacos (1968)
9 – E.T. (1982)
10 – Solaris (1972)

A lista completa, com os 100 filmes, pode ser vista no site Total Sci-Fi Online.

***

Sou um fã de primeira hora de Blade Runner (veja post em setembro do ano passado) mas considerá-lo melhor que 2001 é um pouco demais. Industrialmente, foi o primeiro filme a ganhar uma versão do diretor, um fracasso em seu lançamento que cresceu com o tempo a ponto de mais de 25 anos depois de sua estréia ser considerado o melhor no seu gênero. Mas 2001, ao menos para mim, mudou completamente meus conceitos de cinema e do que essa arte poderia porporcionar intelectual e sensorialmente. Não é apenas a melhor ficção-científica de todos os tempos mas um dos melhores filmes já realizados.

Algumas curiosidades da lista:

  • Ridley Scott emplacou dois filmes na lista do top 10, Blade Runner ( 1º) e Alien ( );
  • Toda a primeira trilogia Star Wars está entre os 100, o original ( 3º), O Império contra-ataca ( 13º) e O Retorno do Jedi ( 35º). Nenhum da segunda trilogia entrou no ranking.
  • James Cameron tem quatro filmes na lista, O Exterminador do Futuro 1 (7º) e 2 ( 32º), Aliens ( 15º) e O Segredo do Abismo (42º). Steven Spielberg também tem quatro, ET ( 9º), Encontros Imediatos de Terceiro Grau ( 11º), Jurassic Park ( 25º) e Minority Report ( 57º). George Lucas, que não se considera um diretor, tem o mesmo número de filmes arrolados: os três Star Wars originais e THX 1138 ( 92º). Paul Verhoeven tem três trabalhos rankeados, O Vingador do Futuro ( 20º), Robocop ( 24º) e Tropas Estelares ( 76º). Stanley Kubrick tem dois, 2001 (2º) e Laranja Mecânica ( 27º), assim como Andrei Tarkovsky com Solaris ( 10º) e Stalker ( 50º). George Miller pos os dois primeiros Mad Max na lista, o II em 34º (Uma injustiça, merecia colocação melhor) e o I em 70º. Também com dois trabalhos entre os 100 estão Terri Gilliam, com Brazil ( 17º) e Os 12 Macacos ( 83º); John Carpenter, com O Enigma do Outro Mundo ( 23º) e Fuga de Nova York ( 52º); e David Cronenberg com A Mosca ( 31º) e Videodrome ( 62º, outra injustiça);
  • Dois filmes da série original Star Trek estão entre os 100, o clássico A Vinçança de Khan ( 19º) e A Terra Desconhecida ( 67º, pra mim, faltou A Volta para Casa), mas também a reinvenção da franquia por J.J. Abrahams, Star Trek ( 93º).
  • Os atores que mais aparecem na lista são Harrison Ford com Blade Runner e os três Star Wars; Arnold Schwartzenegger, nos dois primeiros Exterminadores mais O Vingador do Futuro; Charlton Heston com O Planeta dos Macacos ( 8º), A Última Esperança da Terra ( 49º) e No ano de 2020 ( 72º) - sendos os tres bastante apocalipticos.
  • Apenas Wall-E ( 37º), Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças ( 45º), Minority Report, A Fonte da Vida ( 60º), Filhos da Esperança ( 66º), Donnie Darko ( 71º), Moon ( 74º), O Homem Duplo ( 77º), Serenity ( 88º), Primer ( 90º, inédito aqui) e Star Trek são deste século.


2 comentários:

Lalo Arias disse...

Marcos,
Agora que você tocou no assunto de "melhores", parei pra pensar um pouco sobre. Pra mim sempre foi quase impossível eleger melhores, nem que fosse pra mim mesmo.Sou mais de eleger o que gosto mais. Sempre achei meio difícil comparar obras, atores, diretores, artistas, enfim... Mas gosto muito do Solaris do Tarkovski. Talvez mais ainda do que do 2001. Blade Runner também faz parte dos meus eleitos, mas, pra mim, é mais off-side, mais um cult, uma coisa um pouco à margem, não sei porque.

Anônimo disse...

Concordo. Blade Runner é o melhor. Uma visão histórica (melhor dizer artística) do futuro, principalmente na captação dos sentimentos de quem vive (viverá?) em metrópoles. Cenários (principalmente sombras/luz) que se movimentam com o caos urbano. Propagandas caóticas. Show. Amei, insuperável.