quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Última ordem

Parece que o PT está entrando com um mandado de segurança para impedir a diplomação dos doze inicialmente eleitos em outubro para garantir a posse dos 21 previstos pela PEC. Com a nova proporcionalidade, o partido de Lula teria três cadeiras em Indaiatuba. Em princípio entrariam Janio e Jaciara, mais Ocimar, César, João Neto, Nelsinho e Maurílio.
Mas tudo ainda é muito especulativo, pois se alguns entendem que o TSE não pode ir contra uma emenda constitucional, outros acham que a decisão sobre se a norma vale para esta eleição é o Poder Jurídico.

2 comentários:

Carlos disse...

E o Bruno Ganem, também entraria?

Ele foi o 1º suplente da coligação PV-PTB-PP. (a do Gervásio)

Carlos disse...

O Bruno Ganem também entra?

Ele é primeiro suplente do PV...