quarta-feira, 25 de março de 2009

Polo Shopping Indaiatuba

Acabo de almoçar com a diretoria da Bolsa de Imóveis e do Polo Shopping Indaiatuba para atualizar a situação do empreendimento. De fato, após o anúncio do empreendimento, entre setembro e outubro do ano passado, estourou a crise econômica internacional, e desde então não se ouviu mais falar no projeto. Como me informaram, as obras em si não foram afetadas, mas as lojas âncoras – C&A, Renner, Centauro e Marisa – é que acabaram congelando novos investimentos, o que levou ao adiamento da inauguração de 2010 para o primeiro semestre de 2011.

Logo após nossa conversa eles foram assinar o contrato com a Casa da Esfiha, atração já confirmada da Praça de Alimentação, que terá 13 lojas e 750 lugares. Serão oito âncoras (confirmadas quatro até agora) e 150 lojas satélites distribuídas em 31 mil metros quadrados. O Multiplex terá cinco salas stadium com possibilidade de ampliação. Serão 1.500 vagas de estacionamento e uma área de lazer infantil.

O público alvo são as classes A, B e C do entorno que inclui, além de Indaiatuba, Salto, Vinhedo, Itupeva e Elias Fausto, mas deve atrair público de Itu e Monte Mor também. A entrada pela SP-75 facilitará bastante o acesso das cidades vizinhas e também do público dos condomínios de Helvetia e Itaici.

Fachada do futuro shopping

Praça de alimentação

Vista aérea

Um comentário:

Marcel Zerbini disse...

Kimura,

Parabéns pelo trabalho de divulgação do futuro Polo Shopping de Indaiatuba.
Indaiatuba está há tempos merecendo um shopping decente.
Abraço.

Marcel Zerbini
marcel@belavistaimoveis.com.br