segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Boicote

Havia uma suspeita de quem havia um certo boicote a Indaiatuba na pauta dos telejonais da EPTV. E parece que há mesmo: a bombástica notícia veiculada no Jornal Nacional de que nosso município foi apontado como que mais se desenvolveu no País entre 2000 e 2005 repercutiu em toda grande imprensa (principalmente na Folha)... menos nos telejornais da afliada global de Campinas.
A EPTV, que passou uma semana com até três equipes de reportagem cobrindo o Festival de Cinema de Paulínia em matéria baba-ovo, nunca questionando os gastos farônicos para uma cidade que mal tem público para manter uma sala de cinema pela iniciativa privada, não deu uma linha sobre o Passo de Arte - evento de dança que só perde para o Festival de Joinville em importância - ou sobre a apresentação de Antônio Nóbrega - um dos artistas populares mais importantes do Brasil para quem não é completamente analfabeto.
O Correio Popular também passou batido, mas aí é até mais compreensível, já que é um jornal de Campinas e não um veículo que supostamente cobre a Região Metropolitana de Campinas. E não vou nem falar na pauta soporífera ou os esforços em nos fazer interessar por assuntos de São Carlos e Ribeirão Preto, outras subsedes da EPTV que dividem a primeira edição do telejornal da emissora, por uma questão de custos e não pela melhor informação dos telespectadores. As outras opções - os da TVB-SBT e Band Campinas - são centradas em Campinas e cobre muito pouco das cidades vizinhas.
Faz falta - e muita - uma TV em Indaiatuba.

2 comentários:

Jair disse...

Pois é, se o restolho da gentalha expurgada da Grande São Paulo não encontrasse aqui a ressonância de pessoas de idêntica má índole, que julgando-se acima do bem e do mal, arquitetam em seu valhacouto ações malévolas para satisfazer egos inflados, teríamos a nossa TV em Indaiatuba.
Anauê!

Jair

Bárbara disse...

deveria ter tv mais aquelas dentro dos padrões, ética, legislação etc etc..

nada de tv educativa pq sabemos que no interior (qualquer cidade do interior) isto funciona como outra coisa..nada de barganha.

uma Tv tipo EPTV e TVB já me deixaria feliz..hhaha