terça-feira, 10 de junho de 2008

Deu no O Globo

Paulinho deve deixar presidência do PDT paulista até o fim da semana

Publicada em 10/06/2008 às 09h23m

Valor Online e O Globo Online

SÃO PAULO - Acusado de envolvimento no esquema de fraude na liberação de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical, deve deixar a presidência regional de seu partido até o fim da semana. A informação foi dada pelo ministro do Trabalho, Carlos Lupi, presidente nacional licenciado do PDT, que encontra-se em Genebra, na Assembléia Mundial do Trabalho, que ocorre anualmente na Organização das Nações Unidas (ONU).

O anúncio do afastamento, previsto para esta segunda-feira, foi adiado depois de uma reunião que durou quase toda a manhã, entre o deputado e integrantes do diretório regional do PDT, pois Paulinho espera o retorno de Lupi para anunciar sua decisão. O nome mais cotado para assumir o cargo é o do deputado Reinaldo Nogueira (PDT-SP), atual secretário-geral da legenda em São Paulo.

Na reunião desta segunda, Paulinho sinalizou que não deverá concorrer às eleições pela Prefeitura de São Paulo, como pretendia. Até a semana passada, o deputado afirmava que manteria sua candidatura. Com a saída dele da disputa, o PDT é cortejado pelo PT, que lançará Marta Suplicy, e o bloquinho, que tem à frente o deputado Aldo Rabelo (PCdoB-SP).

Um comentário:

Bárbara disse...

Olha só genteeeeeeeeee

eehheheeheh