quarta-feira, 28 de maio de 2008

Nova autuação do supermercado Lumax

A Vigilância Sanitária vistoriou mais um supermercado da rede Lumax ontem, onde permaneceu das 9h às 12h. Nesta 2ª unidade fiscalizada (localizada à Rua dos Indaiás), foram gerados 3 autos de infração e a interdição da câmara fria do supermercado. Ficou assim:
- Auto de penalidade de interdição da Câmara fria
- Auto de infração por manter produtos fora das condições adequadas de higiene e conservação (o que gerou um auto de penalidade de inutilização dos produtos)
- Auto de infração pelas condições gerais do supermercado (condições de higiene consideradas insatisfatórias, o que acaba comprometendo a manutenção dos padrões de qualidade e seguranla dos produtos)
Não havia produtos vencidos. Os produtos encontrados fora do padrão (produtos deteriorados devido a falta de refrigeração: nuggets, hamburguer, lazanha, mini coxinhas... todas de caixinhas... entre outros) foram sumariamente inutilizados e descartados (22 kg de produtos jogados no lixo).
A direção do supermercado tem 10 dias para apresentar defesa. Se não se manifestar, o supermercado fica sujeito às penalidades de multa, de acordo com a Lei.
Foi protocolado no dia 26 de maio, na prefeitura, um pedido de liberação da área de rostisserie e padaria da 1ª unidade vistoriada, "por ter cumprido as determinações solicitadas pela Vigiância Sanitária". O documento chegou hoje pela manhã nas mãos da Sirlene (Vigilância Sanitária). A equipe fará nova vistoria no local (sem data para ocorrer). Em seguida, elabora um documento sobre as adequações solicitadas que, se julgadas satisfatórias, geram um termo de liberação do local. Outras duas unidades do Lumax também receberão a visita da Vigilância nos próximos dias; bem como outros supermercados (Sumerbol e Pistoni, por exemplo, já passaram por vistorias).

A Vigilância pede que a população fique atenta às condições dos alimentos (alguns, podem ser considerados inadequados pelo visual), às condições de higiene do supermercado (se funcionários usam uniformes, se estão atentos às condições de higiene pessoal adequada, com usso de tocas, luvas, etc), se os alimentos estão sob refrigeração adequadas (não estão moles, com apararência ruim...); datas de validade, procedência etc... e que não comprem caso desconfiem de alguma coisa, avisando a Vigilância Sanitária.

Um comentário:

Bárbara disse...

nao é perto da minha bachan
porem perto casa dela tem outro confundi

sera que o outro tb?